Roberto Matta Essay

3076 WordsJan 17, 201313 Pages
Roberto Matta Por Lucas Moreira e Silva Estudante Erasmus - Artes Plásticas Número 3129577 Introdução Definida por uma forte consciência social e uma intensa exploração de seus internos e externos mundos, o trabalho do artista chileno Roberto Matta representa a síntese da cultura Europeia, Americana e Latino Americana. Ao longo de uma carreira longa e frutífera que abrangeu seis décadas sua exploração sobre a mente inconsciente através de uma simbólica linguagem de formas abstracionais influenciou muito os primeiros desenvolvimentos do expressionismo abstrato, e também como membro e uma das figuras centrais do movimento surrealista, mas Matta no final acabou por quebrar com ambos os grupos para ir atrás de sua pessoal visão artística. No seu trabalho mais maduro encontramos uma mistura de abstração com figuração, e espaços multi-dimensionais fantasticamente concebidos em complexas paisagens cósmicas. Matta equilibrava o seu interesse na psique humana com um compromisso ativo com o mundo externo. Em sua primeira fase, nos anos 30, os trabalhos que Matta criou foram os primeiros do que ele chamaria de “Psicológicas Morfologias”. Nestas pinturas, Matta explorou sua subconsciente mente através de uma linguagem de formas abstratas e constantemente envolvendo, multidimensionais espaços. Matta também se referiu a estes trabalhos como “Inscapes”, com a implicação que eles retratavam a paisagem interior da mente do artista, interconectada com sua realidade externa. Como um moderno Leonardo que procurou desenhar o invisível - correntes de ar e forças gravitacionais - Matta recusou a designação de pintor, preferindo a de “montreur”, aquele que dá a conhecer, tentando dar forma não ao que se vê mas a multidão de forças ambientais que atuam junto sobre nós. Sugerindo que Einstein tinha aberto tantas artes como Freud, para Matta a ciência e a arte marcham com o mesmo passo. Com

More about Roberto Matta Essay

Open Document