Análise de Tendências Brasil Essay

631 WordsApr 30, 20133 Pages
O ano de 2013 começou com a taxa Selic – taxa oficial de juros usada pelo governo – em 7,25%a.a. e com expectativa de inflação de aproximadamente 5,5%. Nos primeiros meses (jan, fev) esse último número, medido pelo IPCA e calculado pelo IBGE, subiu consecutivamente, inclusive na primeira quadrissemana de março. A Indústria é o setor que puxa a economia neste momento, mas esta retomada não parece ser firme o suficiente. Isto se dá por diversos motivos, dentre eles: as alterações nos preços das matérias primas e commodities utilizadas; as variações cambiais que encarecem as importações e prejudicam as exportações; aumento da inadimplência dos consumidores e de sua capacidade de pagamento, o que diminui as vendas etc. Particularmente, o setor de alimentos vem sendo o responsável pelo aumento do IPCA desde o ano passado. Em fevereiro de 2013, ele foi responsável por 58% da leitura deste índice, segundo O Valor Econômico. A construção puxa a indústria neste momento, entretanto, houve perda de confiança dos empresários do setor em janeiro e fevereiro. O Índice de Confiança da Construção (ICST) mostra queda de 6,9% até fevereiro, o que significa uma desaceleração econômica, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). A redução do preço da energia elétrica anunciada pelo governo para 2013 entrou em vigor no final do mês de janeiro e começou a ser percebida nas contas de fevereiro. Essa redução impactou na diminuição de 0,48 pontos percentuais do IPCA. Ao mesmo tempo, o aumento do preço da gasolina, associado ao aumento do consumo de combustíveis no Brasil acrescentou 0,16 pontos a este índice em fevereiro. Além da gasolina, o diesel também sofrerá reajuste, resultando no aumento do preço do frete/transporte em 1,25%. Para atender à demanda por combustíveis, haverá uma ampliação feita pelas usinas sucroalcooleiras da destinação de caldo de cana para o etanol (de 40% para

More about Análise de Tendências Brasil Essay

Open Document